Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10246
Title: "A tua liberdade de amar como condição para a liberdade de amar de todas as pessoas" : diversidade sexual, emancipação e suas relações potencialmente revolucionárias
Authors: Tavares, Patrícia Carla da Costa
Keywords: Diversidade. Sexualidade. Emancipação. LGBT
Issue Date: 3-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: TAVARES, Patrícia Carla da Costa. "A tua liberdade de amar como condição para a liberdade de amar de todas as pessoas": diversidade sexual, emancipação e suas relações potencialmente revolucionárias. 2019. 104f. Monografia (Graduação em Serviço Social) - Departamento de Serviço Social, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Este trabalho de pesquisa tem como objetivo geral analisar a diversidade sexual, seus fundamentos teórico-políticos e sua relação com a emancipação humana. Para tanto, nosso objeto nos conduziu, especificamente, a analisar as determinações sociais responsáveis pela gênese da sociabilidade humana, que engendram as condições para a constituição das personalidades e da sexualidade; analisar as determinações estruturais que incidem na diversidade sexual; analisar as formas de reatualização do conservadorismo na sociedade, que tem se fortalecido na medida em que obstaculiza a liberdade de orientação sexual e por fim, pesquisar e apreender criticamente, no sentido marxiano da palavra, a agenda política de uma das mais importantes organizações que atuam na defesa da diversidade sexual e dos direitos da população LGBT, a Associação Brasileira de Lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexos- ABGLT, assim como investigar as relações entre as lutas em defesa da diversidade sexual e a estratégia política anticapitalista. A pesquisa foi realizada por meio da análise bibliográfica de pesquisadoras/es que teceram contribuições teóricas vinculadas ao tema da diversidade humana e análise documental de materiais, estatutos, teses, notas, publicações e informações da ABGLT disponíveis em seu site e em suas redes sociais. O método que conduziu esta pesquisa é o materialismo histórico dialético que, por meio da utilização de suas categorias de análise nos levou a conclusões e reflexões valiosas sobre o tema da diversidade sexual. O caminho teóricometodológico nos direcionou a apreensão sobre as relações complexas entre o trabalho, objetivação e exteriorização como categorias indispensáveis ao conhecimento dos processos que engendram a constituição da sexualidade humana, enquanto dimensão rica de expressões e socialmente produzida. Nos revelou a propriedade privada, o heteropatriarcado e a família monogâmica como entraves à diversidade sexual; Nos permitiu reconhecer as formas de reatualização do conservadorismo mais expressivas na contemporaneidade, sendo elas a forte atuação das forças políticas conservadoras e os limites do Estado e a intensa mercantilização e produção das necessidades da população LGBT no espaço do mercado. E, finalmente, por meio da perspectiva de totalidade, analisamos a agenda política da ABGLT tecendo considerações que aproxime e fortaleça a atuação da organização em uma direção social emancipatória e encontramos, na análise da categoria da consubstancialidade e coextensividade, elementos teóricos e políticos que relacionam diretamente a necessidade de liberdade de orientação e expressão da diversidade sexual à direção política anticapitalista, que dirige a organização da classe trabalhadora para a recusa e enfrentamento ao modo de produção capitalista, incapaz de proporcionar o atendimento das necessidades humanas e de elevar o indivíduo à condições de liberdade, saúde e criatividade socialmente possíveis.
Abstract: This research work aims to analyze sexual diversity, its theoretical and political foundations and its relationship with human emancipation. Therefore, our object led us, specifically, to analyze the social determinations responsible for the genesis of human sociability, which generate the conditions for the constitution of personalities and sexuality; analyze the structural determinations that affect sexual diversity; to analyze the ways of re-updating conservatism in society, which has been strengthened as it hinders the freedom of sexual orientation and, finally, research and critically grasp, in the Marxian sense of the word, the political agenda of one of the most important organizations that act in defending sexual diversity and the rights of the LGBT population, the Brazilian Association of Lesbian, Gay, Bisexual, Transvestite, Transgender and Intersex - ABGLT, as well as investigating the relationship between struggles in defense of sexual diversity and the anti-capitalist political strategy. The research was conducted through the bibliographical analysis of researchers who made theoretical contributions linked to the theme of human diversity and documentary analysis of materials, statutes, theses, notes, publications and information available from ABGLT on its website and on its social networks. The method that conducted this research is dialectical historical materialism that, through the use of its categories of analysis, led us to valuable conclusions and reflections on the theme of sexual diversity. The theoretical and methodological path led us to apprehend the complex relationships between work, objectification and externalization as indispensable categories for the knowledge of the processes that engender the constitution of human sexuality, as a rich dimension of expressions and socially produced. Private property, heteropatriarchy, and monogamous family revealed to us barriers to sexual diversity; It allowed us to recognize the most expressive forms of conservatism in the contemporary context, such as the strong performance of conservative political forces and the limits of the state and the intense commodification and production of the needs of the LGBT population in the market space. And, finally, through the perspective of totality, we analyze the political agenda of ABGLT, making considerations that bring the organization's action closer and stronger in an emancipatory social direction. directly the need for freedom of orientation and expression of sexual diversity to the anti-capitalist political leadership, which directs the working class organization to the refusal and confrontation of the capitalist mode of production, unable to provide the fulfillment of human needs and raise the individual to conditions freedom, health and creativity socially possible.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10246
Other Identifiers: 20160124766
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiversidadeSexualEmancipacao_Tavares_2019721.61 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.