Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10168
Title: Análise da viabilidade da implantação de sistemas de geração distribuída solar fotovoltaica
Authors: Leite, Ian Miranda de Azevedo
Keywords: Energia Solar.;Geração Distribuída.;Sustentabilidade;Solar Energy.;Distributed Generation.;Sustainability.
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LEITE, Ian Miranda de Azevedo. Análise da viabilidade da implantação de sistemas de geração distribuída solar fotovoltaica. 2019. 17 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A preocupação com o meio ambiente e a sustentabilidade nunca estiveram tão em evidência. Geração de energia limpa passou a não ser apenas mais uma nova forma de se produzir energia, se tornou uma necessidade. Países como Estados Unidos e Austrália vem se destacando na geração de energia solar, principalmente no que diz respeito à geração distribuída, termo utilizado quando tal geração se da através de pequenas usinas geralmente localizadas próximas ao seu local de consumo. Este trabalho consiste em analisar o avanço da geração distribuída no Brasil, com foco na energia solar fotovoltaica, a qual passou a ter notoriedade após a publicação da Resolução Normativa 482/2012 da ANEEL, que possibilitou um crescimento exponencial dessa modalidade. Analisou-se a redução do custo de implantação de tais sistemas, comparando sistemas mais antigos com outros mais recentes, bem como suas respectivas viabilidades econômicas, tendo por base o tempo de retorno do investimento. Também foram discutidas possíveis mudanças que possam surgir com a publicação de uma nova revisão da RN 482, principalmente no que se refere ao abatimento de parte da energia gerada como forma de compensação pelo uso da infraestrutura disponibilizada pelas distribuidoras de energia. Concluiu-se que essa modalidade é uma tendência, que poderá ser afetada por tais mudanças, porém, se bem regulada, continuará avançando e concretizando-se como um investimento viável e sustentável.
Abstract: Concerns for environment and sustainability have never been so in evidence. Generation of clean energy has become not only another new way to produce energy, but it has also become a necessity. Countries such as the United States and Australia have been standing out in solar power generation, especially with regard to distributed generation of this type of energy, a term used when such generation is through small plants generally located close to the place of consumption. This work consists in analyzing the advance of distributed generation in Brazil, focusing on photovoltaic solar energy, which began to have notoriety after the publication of Normative Resolution 482/2012 of ANEEL that enabled a growth exponential of this modality. It was analyzed the significant reduction in the cost of implementing such systems, comparing older systems with the more recently deployed ones, as well as their respective economic viability, based on the payback period. Possible changes that may arise with the publication of a new revision of the RN 482, especially with regard to the reduction of part of the energy generated as a form of compensation for the use of infrastructure provided by energy distributors. Conclusions point out that this modality is a trend, which if well regulated, may be affected by such changes, but will continue to present good prospects for advancement, achieving itself as a viable and sustainable investment.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10168
Other Identifiers: 2013085386
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Analisedaviabilidade_Leite_2019.pdfArtigo Científico700,08 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons