Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10162
Title: Emprego do Plasma Gerado por Descarga em Barreira Dielétrica na Modificação Superficial de Sementes de Adenanthera pavonina L..
Other Titles: Use of Dielectric Barrier Discharge Generated Plasma in Surface Modification of Adenanthera pavonina L. Seeds.
Authors: Carneiro, Jordan Nelson Soares
Keywords: Tento-carolina. Dormência tegumentar. Plasma em sementes.;Tento-carolina. Dormacy tegumentary. Plasma in seeds.
Issue Date: 6-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARNEIRO, J. N. S. Emprego do Plasma Gerado por Descarga em Barreira Dielétrica na Modificação Superficial de Sementes de Adenanthera pavonina L. Trabalho de conclusão de curso (Graduação) - Departamento de Engenharia Mecânica - Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Rio Grande do Norte, p. 37, 2019.
Portuguese Abstract: Adenanthera pavonina L. também conhecida como tento-carolina é uma espécie arbórea nativa da Índia e Malásia, pertencente à família Leguminosae-mimosoideae. No Brasil, foi introduzida há muitos anos como árvore ornamental, para arborização urbana, paisagismo e pela madeira de boa qualidade. No entanto, suas potencialidades de uso têm sido limitadas devido à ocorrência de dormência tegumentar em suas sementes, sendo necessária a aplicação de um tratamento pré-germinativo para superá-la. Diante disso, o presente trabalho objetivou investigar os efeitos do plasma frio à pressão atmosférica gerado por Descarga em Barreira Dielétrica (DBD) na modificação superficial de sementes de Adenanthera pavonina L. e as suas consequências na quebra de dormência das mesmas. Para isso, instalou-se experimentos em delineamento inteiramente casualizado com 4 repetições de 25 sementes: sem tratamento (controle), escarificadas (com lixa) e tratadas com plasma DBD (gás Ar) durante 3 e 5 minutos, operando a uma tensão de 30,4 kV e frequência de 926 Hz. A contagem do número de plântulas emergidas aconteceu diariamente, durante 7 dias após a instalação. E como critério, considerou-se emergida as plântulas que apresentaram protrusão da raiz primária acima de 2 mm. Durante os testes de germinação, também foram avaliadas as seguintes variáveis: porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação e os dados submetidos à análise estatística (média aritmética e desvio padrão). Além disso, investigou-se os efeitos do plasma na hidrofilicidade da superfície das sementes, mediante o teste de molhabilidade; na absorção de água pelas sementes, por meio da curva de embebição e na modificação da morfologia da sua superfície da semente através da Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Os resultados obtidos neste trabalho mostraram que o plasma DBD melhorou a hidrofilicidade da superfície das sementes de Adenanthera pavonina L., bem como modificou a morfologia da sua superfície, tornando-a mais rugosa e com a presença de várias microperfurações distribuídas sobre toda a sua superfície. Contudo, tais alterações não foram suficientes para superar a impermeabilidade do tegumento e, consequentemente, aumentar a absorção de água pelas sementes para nenhum dos tempos de radiação empregados. Apesar disso, os resultados mostram que o plasma DBD apresenta-se como uma tecnologia promissora para promover alterações superficiais em de sementes de Adenanthera pavonina L. e que seus benefícios na germinação necessitam ser mais estudados.
Abstract: Adenanthera pavonina L. also known as tento-carolina is a tree species native to India and Malaysia, belonging to the family Leguminosae-mimosoideae. In Brazil, it was introduced many years ago as an ornamental tree, for urban afforestation, landscaping and for good quality wood. However, its potentialities of use have been limited due to the occurrence of integumentary dormancy in its seeds, requiring the application of a pre-germinative treatment to overcome it. Therefore, the present work aimed to investigate the effects of cold plasma at atmospheric pressure generated by Dielectric Barrier Discharge (DBD) on the superficial modification of Adenanthera pavonina L. seeds and its consequences on their dormancy break. For this, experiments were carried out in a completely randomized design with 4 replications of 25 seeds: untreated (control), scarified (with sandpaper) and treated with DBD plasma (Ar gas) for 3 and 5 minutes, operating at a tension of 30,4 kV and 926 Hz frequency. The number of emerged seedlings was counted daily for 7 days after installation. And as a criterion, we considered emerged seedlings that showed protrusion of the primary root above 2 mm. During the germination tests, the following variables were also evaluated: germination percentage and germination speed index and data submitted to statistical analysis (arithmetic mean and standard deviation). In addition, the effects of plasma on seed surface hydrophilicity were investigated by the wettability test; water absorption by seeds through the soaking curve and modification of the morphology of their seed surface by Scanning Electron Microscopy (SEM). The results obtained in this work showed that DBD plasma improved the surface hydrophilicity of Adenanthera pavonina L. seeds, as well as modified its surface morphology, making it rougher and with the presence of several microperforations distributed over its entire surface. However, such changes were not sufficient to overcome the impermeability of the integument and, consequently, increase the water absorption by the seeds for none of the radiation times employed. Nevertheless, the results show that DBD plasma is a promising technology to promote superficial changes in Adenanthera pavonina L. seeds and that its benefits on germination need to be further studied.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10162
Other Identifiers: 2016008273
Appears in Collections:Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC - JORDAN.pdfTCC - JORDAN1.76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons