Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10155
Title: Avaliação da resistência ao cisalhamento de bráquetes metálicos colados em cerâmica por meio de diferentes tratamentos de superfície e sistemas adesivos
Other Titles: Shear bond strength evaluation of ceramic sized metal brackets trougth diferent surface treatments and adhesive systems
Authors: Cavalcanti, Heloísa Nelson
Keywords: Bráquetes Ortodônticos;Resistência ao Cisalhamento;Porcelana Dentária;Ortodontic brackets;Shear Strength;Dental Porcelain
Issue Date: 20-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CAVALCANTI, Heloísa Nelson. Avaliação da resistência ao cisalhamento de bráquetes metálicos colados em cerâmica por meio de diferentes tratamentos de superfície e sistemas adesivos. 2019. 40f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) – Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019
Portuguese Abstract: INTRODUÇÃO: Comparar a resistência ao cisalhamento de bráquetes ortodônticos metálicos colados sobre a superfície de cerâmica com diferentes tratamentos de superfície e adesivos é de extrema importância,visto que este procedimento clínico ainda representa um grande desafio para o ortodontista. MATERIAL E MÉTODOS: 90 corpos de prova de cerâmica foram divididos em 3 grupos de acordo com o preparo da superfície (condicionamento com ácido fluorídrico a 9%, condicionamento com ácido fosfórico a 35% e ácido fluorídrico a 9% + asperização com ponta diamantada) e em 3 subgrupos de acordo com o sistema adesivo utilizado (1-Transbond XT®, 2-Single Bond universal® e 3-Assure®). A colagem do bráquete na cerâmica foi realizada com resina Transbond XT® e fotoativada com o aparelho VALO®. O ensaio de resistência ao cisalhamento foi realizado com uma máquina de ensaios universal e os resultados analisados por meio do teste ANOVA two way e o pós teste de Tukey. As falhas de união foram classificadas de acordo com o Índice Remanescente Adesivo (IRA) e analisadas descritivamente. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas (p=0,1292) entre os diferentes tipos de adesivos. Já o tipo de tratamento de superfície escolhido afeta significativamente (p=0,0483) a força de adesão na porcelana. O protocolo com o ácido fosfórico apresentou valores absolutos de resistência menores do que os demais grupos. CONCLUSÃO: Os grupos com o ácido fluorídrico como tratamento de superfície, associado ou não com a asperização, apresentaram diferenças significativamente maiores dos valores de resistência ao cisalhamento se comparadas ao grupo tratado com ácido fosfórico.
Abstract: INTRODUCTION: In order to compare the shear strength of metal orthodontic brackets to ceramic surfaces with different surface treatments and adhesives is of utmost importance, as this clinical procedure still poses a major challenge for the orthodontist. MATERIAL AND METHODS: 90 ceramic specimens were divided into 3 groups according to surface preparation (9% hydrofluoric acid etching, 35% phosphoric acid etching & 9% hydrofluoric acid etching + diamond-tipped roughing) and in 3 subgroups according to the adhesive system used (1-Transbond XT®, 2-Single Bond universal® and 3-Assure®). A bracket was bonded with Transbond XT® resin and photoactivated with the VALO® device. The shear bond strength test was performed with a universal testing machine and the results analyzed using the two-way ANOVA test and the Tukey post-test. Bonding failures were classified according to the Remnant Adhesive Index (ARI) and analyzed descriptively. RESULTS: No statistically significant differences (p = 0.1292) were found between the different types of adhesives. The type of surface treatment chosen significantly (p = 0.0483) affects the bond strength of porcelain. The protocol with phosphoric acid presented lower absolute values of resistance than the other groups. CONCLUSION: The groups with hydrofluoric acid as surface treatment, associated or not with asperization, showed significantly greater differences in shear bond strength values compared to the group treated with phosphoric acid.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10155
Other Identifiers: 20155134968
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliação da resistência_Cavalcanti_2019.pdf959.88 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons