Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10130
Title: Densificação e microestrutura de um compósito W-20%Ag obtido a partir da moagem e redução do pó compósito APT-21,71%AgNO3 e sinterização com fase líquida
Authors: Santos, Bruno Marcos Melo Cabral Dos
Keywords: Metalurgia do pó;Moagem de alta energia;Sinterização;Compósito;W-Ag
Issue Date: 4-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Bruno Marcos Melo Cabral dos. Densificação e microestrutura de um compósito W-20%Ag obtido a partir da moagem e redução do pó compósito APT-21,71%AgNO3 e sinterização com fase líquida. 2019. 73f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O compósito W-Ag é uma boa opção de material que possui bom equilíbrio de propriedades, como por exemplo uma boa condutividade elétrica aliada a uma baixa variação dimensional do material frente às variações de temperatura que podem acometê-lo dependendo do trabalho a que se destine. A dificuldade de aliar essas propriedades é o que faz do processo de fabricação por metalurgia do pó um excelente meio para obter novos materiais a partir da combinação de materiais com mútua insolubilidade, assim como tungstênio e a prata. Os procedimentos de moagem de alta energia, compactação ou moldagem de pó por injeção e sinterização permitem produzir materiais compósitos W-Ag que são impossíveis por outros métodos de fabricação. Este trabalho tem por finalidade obter um compósito W-20%Ag a partir da sinterização de um compacto de pó obtido pela decomposição e redução de um pó de paratungstato de amônia (APT) e nitrato de prata (AgNO3) preparado por 2 e 20 horas em um moinho planetário de alta energia. Os compactos de ambos os pós moídos por 2 e 20 horas foram sinterizados a 900 e 1000 oC por 60 minutos sob atmosfera de hidrogênio. A taxa de aquecimento utilizada em todos experimentos foi de 10 oC/min. O aumento do tempo de moagem diminuiu o tamanho de partícula e aumenta a dispersão das fases dos pós compósitos. Uma microestrutura mais homogênea e com densidade de 87,4% foi produzida quando compactos pós moídos por 20 horas foram sinterizados a 1000 oC. Diferentemente, uma microestrutura mais heterogênea e com densidade de 66,4% foi obtida com os compactos pós moídos por 2 horas e sinterizados a 900 oC. Uma dureza de 477,2±29,8 HV também foi obtida pelos compactos sinterizados sob maior temperatura e tempo de moagem, enquanto para os compactos sinterizados sob menor temperatura e tempo de moagem a dureza atingiu apenas 202±11,7 HV.
Abstract: W-Ag composite is a good choice of material that has a good balance of properties, such as a good electrical conductivity combined with a low dimensional variation of the material in face of temperature variations that may affect it depending on the intended work. . The difficulty of combining these properties is what makes the powder metallurgical manufacturing process an excellent way to obtain new materials from the combination of materials with mutual insolubility, such as tungsten and silver. High-energy milling, compression or powder injection molding and sintering procedures allow you to produce W-Ag composite materials that are impossible by other manufacturing methods. The purpose of this work is to obtain a W-20% Ag composite from the sintering of a powder compact obtained by the decomposition and reduction of an ammonium paratungstate (APT) and silver nitrate (AgNO3) powder prepared for 2 and 20 hours. in a high energy planetary mill. The compacts of both grounded powders for 2 and 20 hours were sintered at 900 and 1000 oC for 60 minutes under a hydrogen atmosphere. The heating rate used in all experiments was 10 oC / min. Increasing grinding time decreased particle size and increased phase dispersion of the composite powders. A more homogeneous microstructure with a density of 87.4% was produced when compacted powders ground for 20 hours were sintered at 1000 oC. In contrast, a more heterogeneous microstructure with a density of 66.4% was obtained with the 2-hour ground compacted sintered at 900 oC. A hardness of 477.2 ± 29.8 HV was also obtained by sintered compacts under higher temperature and grinding time, while for sintered compacts under lower temperature and grinding time the hardness reached only 202 ± 11.7 HV.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10130
Other Identifiers: 20170155837
Appears in Collections:Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Doc Dec 12 2019 19.32.pdfAta com assinaturas555.04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
TCCBrunoM.pdf3.77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.