Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10103
Title: Trabalho doméstico não remunerado e a previdência social brasileira
Authors: Maia, Letícia Dias
Keywords: trabalho doméstico não remunerado;unpaid domestic work;previdência brasileira;brazilian social security;desigualdade de gênero;gender inequality;transferência;transfer
Issue Date: 2-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MAIA, Letícia Dias. Trabalho doméstico não remunerado e a previdência social brasileira. 2019. 42f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Atuariais) – Departamento de Demografia e Ciências Atuariais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O trabalho doméstico não remunerado (TDNR), feito diariamente por brasileiras e brasileiros, por mais que não seja visto com a importância que tem, o movimento da economia, da sociedade, do trabalho e do ensino depende destas atividades. É uma troca de trabalho entre as pessoas que moram no mesmo domicílio. Mulheres são as que mais realizam estas tarefas, oferecendo suporte para que filhos, cônjuges e outras pessoas da família possam trabalhar para trazer capital ao domicílio e estudar para ser um(a) futuro(a) trabalhador(a) e servir ao país. Sem o TDNR, não há sociedade economicamente movimentada, porém não é visto como uma contribuição para a previdência social do Brasil. O reconhecimento desse trabalho na previdência teria um impacto grande na vida dos brasileiros ao receberem esses benefícios, vindos dessas contribuições acumuladas ao longo dos anos. Neste trabalho foi usada como base de dados a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) de 2013 corrigida por Jesus et al. (2018). A presente pesquisa tem como objetivo discutir os efeitos do reconhecimento desta atividade, caso fosse levado em conta nas contribuições da previdência social. Na metodologia utilizada está o modelo de regressão logística feita para obter a razão de chance do indivíduo ser transferidor ou consumidor líquido. Tabelas de produção e transferência foram criadas de acordo com características socioeconômicas da população de idade ativa brasileira de 2013, além de discutir sobre os anos de contribuição da população deste mesmo ano somente em trabalho doméstico não remunerado. Reforçou-se a dominância das mulheres nesta função e que a idade, a renda e a escolaridade são diretamente ligadas ao tempo de atividades domésticas diárias.
Abstract: The unpaid housework (UH), made daily by brazilians, as much as it is not seen with the importance it has, the movement of economy, society, work and education depends on these activities. It is a work exchange among people living in the same household. Women do the most of these tasks, providing support for children, spouses and other family members, than they can work to bring capital to the home and study to be a future worker and serve the country. Without UH, there is no economically busy society, but it is not seen as a contribution to Brazil's social security. Recognition of this work in social security would have a major impact on the lives of Brazilians receiving these benefits from these accumulated contributions over the years. In this study, the 2013 PNAD (National household survey sample)corrected by Jesus et al. (2018) was used as a database. This research aims to discuss the effects of the recognition of this activity, if it were taken into account in social security contributions. In the methodology was used the logistic regression model made to obtain the individual's odds ratio to be a “time transfer” or “time consumer”. Production and transfer tables were created according to socioeconomic characteristics of the Brazilian working age population of 2013, besides discussing about the contribution years of the population of this same year only in unpaid domestic work. It was reinforced about the dominance of women in this function and that age, income and education are directly related to the time of daily domestic activities.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10103
Other Identifiers: 20160139025
Appears in Collections:Ciências Atuariais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Letícia Dias Maia.pdfTrabalho Doméstico Não Remunerado e a Previdência Social Brasileira766.82 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.