Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10050
Title: Assédio moral e assédio sexual: um estudo de caso com mulheres vítimas no ambiente de trabalho
Authors: Silva, Elisa Dárdara Leandro Neco da.
Keywords: Assédio moral. Assédio sexual. Mulheres. Vítimas.;Bullying. Sexual harassment. Women. Victims
Issue Date: 28-Nov-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Elisa Dárdara Leandro Neco da. Assédio moral e assédio sexual: um estudo de caso com mulheres vítimas no ambiente de trabalho. 2019. 48 f. Monografia (Graduação em Administração) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Administrativas, Natal, RN, 2019.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como objetivo analisar o comportamento das mulheres quando submetidas ao assédio no ambiente de trabalho e as principais consequências para a vida profissional e pessoal. O assédio moral caracteriza-se como um conjunto de comportamentos que atormentam um indivíduo, tratando-se de toda conduta abusiva que possa causar dano a integridade ou a dignidade da vítima. O assédio sexual seria uma situação a mais do assédio moral, onde o trabalhador é posto a comportamentos indesejáveis se caracterizando como agressão intima, que além de ultrapassar limites pessoais e profissionais afeta a dignidade da pessoa. O estudo se caracteriza como uma pesquisa qualitativa, com estratégia de estudo de casos, onde se foi realizada entrevistas com mulheres vítimas de assédio moral ou assédio sexual, escolhidas pela técnica de bola de neve. Além disso a pesquisa contou com o auxílio do software Nvivo Pro versão 12. Os resultados apontaram que a maioria das mulheres não expressou reação inicial ao seu primeiro contato com o assédio, devido ao medo que sentiam dos seus agressores, além do medo de perder seus empregos. Absorvendo o assédio sofrido e buscando companhias durante a jornada de trabalho, com o objetivo de evitar novas situações que caracteriza o assédio. Já as semelhanças encontradas entre os comportamentos adotados pelas vítimas e quais sentimentos acompanharam essas mulheres, destacam-se os sentimentos de tristeza, culpa, constrangimento, fragilidade e medo, e o posicionamento de afasta-se do agressor e não realizar a denúncia. A única diferença notada dos comportamentos analisados, foi o fato de apenas uma delas realizar a denúncia. As consequências na vida pessoal das mulheres foi a dificuldade de se relacionarem e problemas que afetaram sua saúde, e na vida profissional o medo de acontecer novamente foi a consequência mais relatada entre elas. Concluiu-se que as participantes da pesquisa reagiram de maneiras semelhantes ao assédio moral ou sexual, já que não expressaram reação inicial ao fato, calando-se perante o assédio e ao agressor.
Abstract: This paper aims to analyze the behavior of women when subjected to harassment in the workplace and the main consequences for professional and personal life. Bullying is characterized as a set of behaviors that torment an individual, dealing with any abusive conduct that may harm the integrity or dignity of the victim. Sexual harassment would be an additional situation of bullying, where the worker is subjected to undesirable behaviors characterized as intimate aggression, which beyond exceeding personal and professional limits affects the dignity of the person. The study is characterized as a qualitative research, with case study strategy, where interviews were conducted with women victims of bullying or sexual harassment, chosen by the snowball technique. In addition, the research was aided by Nvivo Pro version 12 software. The results indicated that most women did not express initial reaction to their first contact with harassment because of their fear of their abusers, as well as the fear of losing their jobs. Absorbing the harassment suffered and seeking companies during the workday, in order to avoid new situations that characterize the harassment. Already the similarities found between the behaviors adopted by the victims and which feelings accompanied these women, stand out the feelings of sadness, guilt, embarrassment, fragility and fear, and the position of moves away from the aggressor and not make the complaint. The only noticeable difference of the behaviors analyzed was the fact that only one of them made the complaint. The consequences on women's personal lives were the difficulty in relating and problems that affected their health, and in working life the fear of happening again was the most reported consequence among them. It was concluded that the research participants reacted in similar ways to bullying or sexual harassment, as they did not express initial reaction to the fact, being silent before the harassment and the aggressor
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10050
Other Identifiers: 2015033164
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AssedioMoraleSexual_Silva_2019.pdf526.26 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons