Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10032
Title: Tendências e projeções da mortalidade por Sarcoma de Kaposi no Brasil até 2030
Authors: dos Santos, Wesley
Keywords: Sarcoma de Kaposi;mortalidade;Tendências;Previsões;Infecções por HIV;Kaposi's sarcoma;mortality;Trends;Forecasting;HIV infections
Issue Date: 4-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, Wesley dos. Tendências e projeções da mortalidade por Sarcoma de Kaposi no Brasil até 2030. 2019. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Santa Cruz, 2019.
Portuguese Abstract: Objetivo: analisar as tendências de mortalidade por Sarcoma de kaposi (SK), com projeções até 2030 e analisar a epidemia pelo HIV no Brasil. Métodos: Estudo ecológico com dados do Sistema de Informações da Mortalidade sobre os óbitos por (SK) ocorridos no Brasil de 2001 a 2015 e com dados do HIV da Organização Mundial de Saúde para o período de 1990 a 2017. A tendência foi analisada pela regressão Joinpoint, e para as projeções foi utilizado o Nordpred. Resultados: a taxa de mortalidade por (SK) para homens e mulheres foi de 0,046 óbitos e 0,025 óbitos/ 100.000 habitantes, respectivamente, no ano de 2015. O aumento anual das taxas de mortalidade foi de 6,1% e 2,8% para o sexo masculino e feminino, respectivamente. As projeções para 2030 indicam que a taxa de mortalidade terá um aumento de 100% quando comparado a 2015. A incidência (APC: 0.9%; IC95% -1.3; -0.5) e a prevalência do HIV (APC 2.8%; IC95% 2.3; 3.3) apresentaram tendência de aumento no período de 2011 a 2017. A mortalidade apresenta tendência de redução, porém em menor proporção no período de 2000 a 2017 (APC: -0.9%; IC95% -1.5; -0.4). Conclusão: a tendência da mortalidade por (SK) é de aumento, e pode estar relacionado ao aumento da prevalência do HIV e da redução da tendência de mortalidade por aids no Brasil.
Abstract: Objective: To analyze trends in Kaposi's sarcoma (SK) mortality, projected until 2030, and to analyze the HIV epidemic in Brazil. Methods: Ecological study using data from the Mortality Information System on (KS) deaths in Brazil from 2001 to 2015 and from World Health Organization HIV data for the period 1990 to 2017. The trend was analyzed by regression. Joinpoint, and for the projections Nordpred was used. Results: The mortality rate by (KS) for men and women was 0.046 deaths and 0.025 deaths / 100,000 inhabitants, respectively, in 2015. The annual increase in mortality rates was 6.1% and 2.8%. for males and females, respectively. Projections for 2030 indicate that the mortality rate will increase by 100% compared to 2015. The incidence (APC: 0.9%; 95% CI -1.3; -0.5) and HIV prevalence (APC 2.8%; 95% CI 2.3; 3.3) tended to increase in the period from 2011 to 2017. Mortality tended to decrease, but to a lesser extent in the period from 2000 to 2017 (APC: -0.9%; 95% CI -1.5; -0.4). Conclusion: The tendency of mortality by (KS) is increasing, and may be related to the increased prevalence of HIV and the reduction of the trend of mortality by AIDS in Brazil.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10032
Other Identifiers: 2015047544
Appears in Collections:FACISA - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tendenciaseprojeçõesdamortalidade_SANTOS_2019 (2).pdf
Restricted Access Until 2022-12-11
TCC submetido à revisa para publicação.
1,2 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons