Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10015
Título: Efeitos da isquemia pré-condicionante no desempenho muscular isocinético excêntrico
Autor(es): Florentin, Kahena de Quevedo
Palavras-chave: Isquemia pré-condicionante;Desempenho muscular;Exercício isocinético excêntrico
Data do documento: 2-Dez-2019
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: FLORENTIN, Kahena de Quevedo. Efeitos da isquemia pré-condicionante no desempenho muscular isocinético excêntrico. 2019. 32 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Departamento de Fisioterapia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Resumo: INTRODUÇÃO: Na literatura existe uma heterogeneidade sobre a magnitude do tamanho e/ou direção do efeito da isquemia pré-condicionante (IPC) no desempenho, e não há dados sobre seus efeitos no desempenho muscular isocinético excêntrico. Assim, o objetivo deste trabalho é investigar o efeito da IPC no desempenho muscular isocinético excêntrico dos extensores de joelho. MÉTODOS: Participaram do estudo 22 homens jovens, saudáveis, sem experiência recente com treinamento de força em membros inferiores. Estes foram alocados de forma randomizada em dois grupos: 11 no grupo IPC, que foi submetido a quatro ciclos de cinco minutos isquemia (pressão restrição total), intercalados com cinco de reperfusão; e 11 no grupo IPC placebo, que realizou mesmo protocolo, porém durante o período correspondente a isquemia, foi aplicada uma pressão mínima (10mmHg). Após as intervenções, os voluntários foram submetidos a um protocolo de exercício isocinético excêntrico de extensão do joelho (10 séries de 12 repetições de contrações excêntricas máximas), no dinamômetro isocinético. Foram avaliadas como medidas de desfechos: pico de torque (PT), média do pico de torque (mPT) e trabalho total (TT). RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos em nenhum dos desfechos avaliados. CONCLUSÃO: A IPC não é superior ao placebo para melhorar o desempenho isocinético excêntrico na extensão do joelho.
URI: http://monografias.ufrn.br/handle/123456789/10015
Outros identificadores: 20150143919
Aparece nas coleções:Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EFEITOSDAISQUEMIAPRÉ-CONDICIONANTE_FLORENTIN_2019Texto Completo1,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons