Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/1000
Title: Uso anti-inflamatórios não-esterioidais (aines) em crianças: conhecimento dos cirurgiões-dentistas do município de Natal/RN
Other Titles: ANTIINFLAMMATORY (AINES) USE: KNOWELEDGE OF THE DENTAL SURGEONS CITY OF NATAL-RN
Authors: Santos, Pedro Marcos Diógenes Barreto
Keywords: odontologia;Odontopediatria;Medicamentos;Criança
Issue Date: 27-Nov-2014
Publisher: Odontologia
Citation: SANTOS, Pedro Marcos Diógenes Barreto. Uso dos anti-inflamatórios não-esteroidais em crianças: conhecimento dos cirurgiões-dentistas do município de Natal-RN. 2014. 37 f. Monografia (Graduação) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Abstract: “USO ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTERIOIDAIS (AINES) EM CRIANÇAS: CONHECIMENTO DOS CIRURGIÕES-DENTISTAS DO MUNICÍPIO DE NATAL/RN” Objetivo: Avaliar o conhecimento dos cirurgiões dentistas do município de Natal – RN sobre o uso dos anti-inflamatórios não-esterioidais (aines) em crianças. Método: A pesquisa foi realizada através de um estudo de natureza quantitativa, descritiva e transversal, com cirurgiões dentistas da rede pública de Natal- RN. Para a coleta de dados realizou-se um questionário estruturado dividido em três partes: perfil socioeconômico do entrevistado, auto percepção em farmacologia e conhecimento específico sobre anti-inflamatórios, antibióticos e anestésicos locais. O questionário foi realizado com 33 cirurgiões dentistas do município de Natal-RN, representando- se assim uma amostra de conveniência, que atendem crianças na faixa de idade entre 0 a 12 anos, escolhidos com base nos dados fornecidos pelo Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES Data-SUS). Resultados: A maior parte dos cirurgiões dentistas entrevistados foram do sexo feminino, compreendidas na faixa etária de 25 a 34 anos, com tempo de formada até 5 anos concluídas em universidade de origem pública, no nível de formação de especialização, atuando em diversas áreas da odontologia. Os resultados da pesquisa mostra que nenhum dos entrevistados acertou todas as questões referentes ao uso de AINES, ou seja, não estão aptos a cumprir o protocolo mínimo para o uso coerente desses medicamentos. Sendo um dado relevante é que apenas 51,5% (n=17) escolheram Ibuprofeno como fármaco prescrito para crianças em situações clinica. Conclusão: O conhecimento dos Cirurgiões-Dentistas entrevistados foi considerado insuficiente para uma prescrição correta e consciente de AINES, quando se refere aos pacientes pediátricos. Além disso, o resultado desse trabalho evidência a importância do aprofundamento dos estudos e de novas pesquisas nessa área ainda tão insuficiente explorada, afim de qualificar o trabalho dos profissionais que se dedicam aos pacientes pediátricos.
Description: Isabelita Duarte Azevedo; Kathia Maria Fonseca de Brito; Fernando Pinto
URI: http://monografias.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/1000
Appears in Collections:Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
[2014] USO ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO-ESTERIOIDAIS EM CRIANÇAS.pdftrabalho de conclusão de curso - odontologia 2014.2955.93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.