Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/1/622
Title: Administração de Capital de Giro: aplicação do modelo de Fleuriet no segmento de tecidos, vestuário e calçados das companhias listadas na BM&FBovespa
Authors: SILVA, Alonso Almeida Basílio da
Keywords: Análise Econômico-Financeira Tradicional;Análise Dinâmica de Capital de Giro;Modelo de Fleuriet
Issue Date: 2013
Publisher: Administração
Citation: SILVA, Alonso Almeida Basílio da. Administração de Capital de Giro: aplicação do modelo de Fleuriet no segmento de tecidos, vestuário e calçados das companhias listadas na BM&FBovespa. 2013. 45f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Abstract: Esta pesquisa descritiva tem o objetivo de analisar o desempenho do capital de giro do segmento tecidos, vestuário e calçados das companhias listadas na BM&FBovespa no período entre 2006 a 2012, empregando as medidas de estruturas financeiras CCL, NCG e ST com o modelo de Fleuriet. A amostra da pesquisa compreende as empresas Alpargatas, Buettner, Cia Hering, Cedro, Coteminas, Dohler, Encorpar, Fab Tecidos C Renaux, Grazziotin, Grendene, Guararapes, Karsten, Penalty, Renaux, Renner, Santanense, São José, Schlosser, Teka, Vicunha e Vulcabras. Os dados econômico-financeiros foram coletados do site da BM&FBovespa. Após a coleta, os dados foram organizados e foram feitos os cálculos da análise dinâmica pelo modelo de Fleuriet e da análise econômico-financeira tradicional através dos índices de liquidez. Foi verificado no modelo dinâmico que a situação que ocorreu com maior freqüência foi à insatisfatória, tipo III. Na análise tradicional através dos índices de liquidez foi verificado que as empresas que obtiveram os melhores resultados foram a Dohler e a Grendene, já na análise dinâmica as organizações que obtiveram os melhores resultados foram a Alpargatas e a Grendene, sendo que a Grendene ficou na liderança do segmento de tecidos, vestuário e calçados. E as companhias que obtiveram os piores resultados nas duas análises foram a Fab Tecidos C Renaux, São José, Schlosser e Teka.
Description: Participaram da Banca Examinadora o Prof. MSc. Melquiades Pereira de Lima Junior e Prof. MSc. Gabriel Martins de Araújo Filho.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/622
Appears in Collections:Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlonsoABS_Monografias.pdf717.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.