Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/1/609
Título: A relação entre sustentabilidade e desempenho econômico: comparação de desempenho entre as empresas melhores e maiores e as que compõem o índice de sustentabilidade empresarial (ISE) da bolsa de valores de São Paulo
Autor(es): Malheiro, Bruno Francisco
Palavras-chave: Sustentabilidade;Índice de Sustentabilidade Empresarial;Desempenho econômico
Data do documento: 2012
Editor: Ciências Contábeis
Referência: MALHEIRO, Bruno Francisco. A relação entre sustentabilidade e desempenho econômico: comparação de desempenho entre as empresas melhores e maiores e as que compõem o índice de sustentabilidade empresarial (ISE) da bolsa de valores de São Paulo. 2012. 46f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Abstract: Os impactos sociais e ambientais das atividades econômicas empresariais vem sendo cada vez mais discutidos pelas empresas contemporâneas. Assim, o desenvolvimento sustentável tem ganhado espaço como diferencial frente a forte concorrência de mercado. Logo, é preciso saber a real influência dos investimentos em sustentabilidade no desempenho econômico das organizações. Tendo como base a sugestão do artigo de Lima e Corrar (2009), este estudo, com enfoque descritivo, objetiva verificar se existem diferenças significativas no desempenho financeiro das empresas que compõem a carteira teórica do ISE, da BM&FBovespa, e as que não compõem a carteira teórica do ISE, dentre as 500 maiores empresas do Brasil divulgadas na Revista Exame 2012 Melhores e Maiores. Foi feita a análise dos dados, primeiramente, procurando distinguir as empresas que apresentaram todos os dados necessários para análise, em seguida foi verificada as duas amostras independentes (Empresas listadas no ranking das 500 Maiores empresas do Brasil da revista Exame e as empresas listadas na Carteira ISE da BM&FBovespa que também estão listadas no ranking da Exame), procurando saber se eram oriundas de populações com médias iguais, pra isso foi utilizando o teste não paramétrico de Mann-Whitney. Por fim, para observar o comportamento dos indicadores econômicos das empresas, por setor, foi realizada uma análise simples das médias dos indicadores. O resultado do teste comprovou estatisticamente, considerando um nível de significância de 95%, que as empresas que compõem a carteira teórica do ISE apresentam médias de desempenho melhores, em relação às demais empresas analisadas, nos indicadores lucro líquido ajustado e riqueza criada, sendo este último, o que apresenta o melhor desempenho.
Descrição: Participaram da Banca Examinadora Prof.ª Maria Aparecida do Nascimento Cavalcanti e Prof. Renato Henrique Gurgel Mota.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/609
Aparece nas coleções:Ciências Contábeis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RelacaoEntreSustentabilidade_Malheiro_2012.pdf618,86 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.