Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/handle/1/596
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerreira, Lissa Valéria Fernandes-
dc.contributor.authorMelo Júnior, Osvaldo Antunes de-
dc.date.accessioned2013-10-23T14:53:09Z-
dc.date.available2013-10-23T14:53:09Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationMELO JÚNIOR, Osvaldo Antunes de. Instâncias de governança municipal em turismo: Uma análise sobre a percepção dos stakeholders e gestores públicos nos municípios de Tibau do Sul e Maxaranguape /RN. 2012. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/596-
dc.description.abstractOs municípios de modo geral têm vários problemas e dificuldades de criar e/ou implementar uma Instâncias de Governança em Turismo a nível local, através desta pesquisa se conseguiu entender em parte quais são esses problemas e dificuldades, especificamente, nos municípios de Tibau do Sul e Maxaranguape/RN. Diante deste problema, elaborou-se uma pesquisa na qual se pudesse entender o grau de conhecimento dos principais responsáveis pelo planejamento e gestão do Turismo local. Através da aplicação de questionários com os stakeholders, pode-se afirmar que a maioria destes gestores locais não entende o que é uma Instância de Governança e muito menos como funciona a organização de uma. Observa-se que os stakeholders dos municípios de Tibau do Sul e Maxaranguape entendem a importância da atividade turística para a comunidade, porém os gestores públicos locais não usam as ferramentas necessárias para conseguir o desenvolvimento do Turismo local de modo participativo, com isso se observa as dificuldades e problemas na gestão municipal em cria essas Instâncias de Governança em Turismo. Enfim, conclui-se que é preciso que o poder público nesses municípios sensibilize a comunidade, os empresários, associações e o terceiro setor a se envolver no processo de participação da tomada de decisões sobre o Turismo local, e que os gestores públicos estejam preparados (capacitados) para planejar e gerir a atividade turística nas localidades, pois as Instâncias de Governança vem a contribuir para o desenvolvimento municipal, dividindo poderes, deveres e responsabilidades entre os membros que participam desse processo.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherTurismopt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subjectPlanejamento em Turismopt_BR
dc.subjectInstâncias de Governança Locaispt_BR
dc.subjectGestão Municipalpt_BR
dc.titleInstâncias de governança municipal em turismo: Uma análise sobre a percepção dos stakeholders e gestores públicos nos municípios de Tibau do Sul e Maxaranguape /RNpt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR
Appears in Collections:Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InstanciasDeGovernanca_MeloJunior_2012592.34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.