Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/1/294
Title: Demonstração do fluxo de caixa e efeito formulação: análise da influência da classificação e evidenciação dos juros e dividendos recebidos e juros pagos na demonstração do fluxo de caixa sobre o processo decisório
Authors: AGUIAR, Mariana Cunha de
Keywords: Efeito Formulação;Demonstração do Fluxo de Caixa;Desempenho;Risco;Processo Decisório
Issue Date: 11-Jul-2012
Publisher: Ciências Contábeis
Citation: AGUIAR, Mariana Cunha de. Demonstração do fluxo de caixa e efeito formulação: análise da influência da classificação e evidenciação dos juros e dividendos recebidos e juros pagos na demonstração do fluxo de caixa sobre o processo decisório. 2012. 52f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Abstract: Este trabalho tem como principal objetivo verificar se a forma como os demonstrativos do fluxo de caixa são apresentados pode ou não influenciar as decisões dos usuários de informações financeiras, tendo como base as respostas de 94 discentes e 14 docentes do curso de Ciências Contábeis e administração da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Foi realizado um experimento, apresentado sob a forma de questionário, estruturado com três perguntas simples e objetivas. O questionário é composto pela apresentação exclusiva da Demonstração do Fluxo de Caixa de duas empresas em dois trimestres, com base nas quais os respondentes devem efetuar a análise para responder os três questionamentos. O objetivo da primeira pergunta foi verificar se as diferentes possibilidades de classificações dos itens: recebimento de juros e dividendos e pagamento de juros, registrados na DFC, influencia, de forma significante, a percepção dos indivíduos quanto à avaliação do desempenho da empresa. A segunda pergunta buscou analisar se essa mesma variação de critério de classificação para elaboração na DFC modifica a avaliação dos interessados sobre o risco de cada organização. E, por fim, a terceira pergunta procura verificar se o critério adotado na elaboração da DFC para segregação das operações realizadas no caixa ou equivalente de caixa altera a percepção e, consequente, decisão dos participantes quanto a decisão de investimento. Os resultados do estudo evidenciam que os participantes da pesquisa foram influenciados pela forma como as demonstrações do fluxo de caixa foram apresentadas no momento de avaliar o desempenho das empresas e na decisão final do investimento. A pesquisa só não confirmou a influencia do critério da classificação dos itens com classificações alternativas na DFC sobre a avaliação do risco das entidades. De maneira geral, os participantes tiveram suas escolhas influenciadas pelo critério de classificação das operações, comprovando a ocorrência do efeito formulação. Isto significa que os gestores da informação, podem utilizar dessa possibilidade de classificação alternativa para conduzir os usuários para uma percepção de desempenho melhor do que na realidade a entidade possui.
Description: Profª. Msc. Joana Darc Medeiros Martins e Profª. Msc. Adriana Isabel Backes Steppan.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/294
Appears in Collections:Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaCA_Monografia.pdf663.18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.