Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/1/289
Título: Análises comparativas dos gastos com saúde e educação dos 20 municípios do estado do Rio Grande do Norte de maiores índices de desenvolvimento dos municípios
Autor(es): COSTA, Regiani de Lima
Palavras-chave: Despesas públicas;Prestação de contas;IFDM
Data do documento: 13-Jun-2012
Editor: Ciências Contábeis
Referência: COSTA, Regiani de Lima. Análises comparativas dos gastos com saúde e educação dos 20 municípios do estado do Rio Grande do Norte de maiores índices de desenvolvimento dos municípios. 2012. 55f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia) – Departamento de Ciências Contábeis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Abstract: As despesas públicas são gastos públicos fixados em Lei orçamentária ou em leis especiais, destinadas à execução dos serviços públicos e aumentos patrimoniais, bem como ao atendimento das necessidades da administração pública em benefício da coletividade. O objetivo geral desta pesquisa é analisar se existe correlação significativa entre os gastos com saúde e educação dos 20 municípios do Estado do Rio Grande do Norte de maiores índices de desenvolvimento com o Índice de Desenvolvimento dos Municípios, proposto pelo sistema FIRJAN, no período de 2004 a 2009. Para fins desta investigação, considerou-se como correlação significativa as variações diretamente proporcionais dos gastos com saúde e educação e o Índice de Desenvolvimento dos Municípios, ou seja, maiores índices de desenvolvimento dos municípios mais regularidade com os gastos em saúde e educação. Para atingir o objetivo, foram utilizadas as pesquisas descritiva, bibliográfica, documental, quantitativa e qualitativa. Os dados extraídos foram extraídos do sítio eletrônico da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), do sistema FIRJAN e do Sistema Integrado de Orçamento Público em Saúde (SIOPS). Os resultados revelaram que a análise dos gastos com saúde e educação dos 20 municípios do Estado do Rio Grande do Norte de maiores índices de desenvolvimento não apresentou correlação significativa com o Índice de Desenvolvimento dos Municípios proposto pelo sistema FIRJAN, uma vez que a ordem de classificação dos municípios na função saúde e educação se alterou de forma bastante diversificada, havendo, contudo, municípios como sendo os primeiros colocados no ranking IFDM, porém, quando analisados os seus gastos efetuados naquele período, não havia regularidade na aplicação dos recursos públicos em saúde e educação.
Descrição: Prof. Dr. Erivan Borges Ferreira e Prof. Esp. Edimilson Monteiro Batista.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/289
Aparece nas coleções:Ciências Contábeis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RegianiLC_Monografia.pdf279,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.