Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/handle/1/105
Título: A biblioteca como promotora da inclusão social: o caso da Biblioteca Comunitária Fé, Alegria e Esperança
Autor(es): Silva, Lailde da
Palavras-chave: Biblioteca Comunitária;Biblioteca Pública;Inclusão social
Data do documento: 8-Dez-2010
Editor: Biblioteconomia
Referência: SILVA, Lailde da. A biblioteca como promotora da inclusão social: o caso da Biblioteca Comunitária Fé, Alegria e Esperança. 2010. 45 f. Monografia (Bacharelado) - Curso de Graduação em Biblioteconomia, Departamento de Biblioteconomia, UFRN, Natal, 2010.
Abstract: Apresenta a relevância da Biblioteca Comunitária em contextos desprovidos de educação, cultura e lazer. Mostra que as atividades desenvolvidas por esse tipo de biblioteca promovem inclusão social, que é negligenciada pelo governo. O aporte teórico e conceitual da pesquisa foi respaldado por um levantamento bibliográfico acerca das relações entre informação e sociedade, bibliotecas públicas e comunitárias, bem como a análise da Biblioteca Comunitária Fé, Alegria e Esperança, buscando identificar os impactos causados no contexto em que está inserida. Conclui que as bibliotecas comunitárias são importante fonte de informação para a sociedade e que ao desenvolver atividades bem articuladas promovem inclusão social. Ressalta, ainda, que podem transformar a realidade de uma comunidade, principalmente se contar com o profissional Bibliotecário, que é o profissional capacitado para transmitir a informação em todos os seus aspectos.
Descrição: Participaram da banca examinadora as professoras Andréa Vasconcelos Carvalho (DEBIB)e Maria do Socorro de Azevedo Borba (DEBIB).
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/monografias/handle/1/105
Aparece nas coleções:Biblioteconomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BibliotecaComoPromotora_Silva_2010.pdfTexto completo1,08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons