Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7596
Title: A crítica ao direito positivo de Hans Kelsen à luz da perspectiva jusnaturalista de John Finnis
Authors: Paula Neto, Aluízio
Keywords: Doutrina do direito natural;Neojusnaturalismo finissiano;Teoria pura do Direito;Bens comuns
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PAULA NETO, Aluízio. A crítica ao direito positivo de Hans Kelsen à luz da perspectiva jusnaturalista de John Finnis. 2014. 38f. Trabalho de Conclusão de Curso (Monografia), Departamento de Direito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: A lei natural foi uma preocupação constante nas universidades até a segunda metade do século XVIII. A elaboração de uma concepção filosófica, em que uma lei atemporal e transcendente fosse acessível à razão humana, foi uma construção da filosofia grega clássica a partir de Platão e de seu discípulo Aristóteles. No entanto, é a partir de Santo Tomás de Aquino que, o que era conhecido como um agrupamento de princípios e postulados, foi organizado e passou a se chamar de Doutrina do Direito Natural. O presente trabalho irá expor como as várias concepções de direito natural foram recebidas pelas correntes positivistas modernas e, a partir desse ponto, analisa-se o pensamento kelseniano com maior detalhamento. A partir disso, será observado como a Doutrina do Direito Natural de Tomás foi esquecida pela tradição positivista. Em seguida, expõe-se alguns pontos essenciais da filosofia jurídica tomista e a representação moderna da continuação do debate desses pontos a partir da obra do jusfilósofo John Finnis.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7596
Other Identifiers: 2010022726
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AluizioPN_Monografia.pdf663.34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.