Please use this identifier to cite or link to this item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7093
Title: Padrões de germinação e reservas nutricionais de sementes de espécies arbóreas da Caatinga e sua importância para a restauração
Authors: Silva, Eryhudson Pereira da
Keywords: Superação de dormência;Overcoming dormancy;Velocidade de germinação;Germination speed;Conteúdo de reserve;Reserve content
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Eryhudson Pereira da. Padrões de germinação e reservas nutricionais de sementes de espécies arbóreas da caatinga e sua importância para a restauração. 30 f. 2018. Monografia (Graduação em Ecologia)- Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: As regiões semiáridas apresentam ampla variação temporal em relação a precipitação, estando caracterizada por longos períodos de seca, marcados por pequenas temporadas de chuvas erráticas. Neste cenário, as sementes de ambientes semiárido, bem como de qualquer comunidade vegetal, podem deter um conjunto de características morfológicas e fisiológicas que podem refletir repostas as pressões seletivas do ambiente. A dormência em sementes pode ser compreendida como a inaptidão do embrião em germinar, em um determinado intervalo de tempo, sob condições e recursos favoráveis à germinação de sementes não dormentes. O tamanho da semente e a composição de reserva podem de-sempenhar um papel relevante no processo de estabelecimento das sementes e plântulas. Portanto, o objetivo desse estudo é verificar como características morfológicas e bioquí-micas das sementes de espécies arbóreas da Caatinga de interesse para restauração estão relacionados com seus padrões de dormência e velocidade de germinação. Para isso, sementes de 16 espécies arbóreas da Caatinga foram coletadas e submetidas a cinco ní-veis de tratamento para o teste de superação de dormência: controle (CO); escarificação mecânica (EM) do tegumento com lixa N° 80, na região contrária ao hilo; escarificação química (EQ) com imersão em ácido sulfúrico (H2SO4) concentrado por 5 min; escarifi-cação térmica (ET) em água a 80 °C por 5 min; e imersão em ácido giberélico (GA3) 100 mg/L por 24 h. Além disso, foi realizada a determinação bioquímica para os seguintes compostos de reservas: lipídios neutros, amido, açúcares não redutores e proteína. Os resultados apresentados neste trabalho indicam que espécies arbóreas da Caatinga apre-sentam ampla variação em sua capacidade de dormência. Dentre as sementes que possuí-ram algum grau de dormência, a física se mostrou predominante, portanto, superada com eficiência através da escarificação mecânica. Além disso, os resultados indicam ainda, que os açúcares não redutores, que contribuem no processo de tolerância à dessecação, favorecem o aumento da velocidade da germinação. É possível que sementes com rápida germinação sejam capazes de transferir para suas plântulas açúcares não redutores que contribuem para a prevenção da dessecação de plântulas.
Abstract: Semi-arid regions suffer a wide temporal variation in precipitation with long periods of drought, alternated by small periods of erratic rains. In this scenario, seeds from semi-arid environments, might have a set of morphological and physiological characteristics that reflect the selective pressures of this dry environment. Seed dormancy can be un-derstood as the inability of the embryo to germinate, in a given period of time, under conditions and resources that would otherwise be favourable to the germination of non-dormant seeds. Seed size and seed reserve composition may play a relevant role in the seed and seedling establishment process. Therefore, the aim of this study is to verify how morphological and biochemical characteristics of seeds from Caatinga tree species, that are important for restoration, are related to their patterns of dormancy and germina-tion speed. Seeds of 16 tree species were collected and submitted to germination tests with five treatments to break dormancy: control (CO); mechanical scarification (MS) of integument using sandpaper; chemical scarification (EQ) using immersion in concentrat-ed sulfuric acid (H2SO4) for 5 min; thermal chock (ET) in water at 80 ° C for 5 min; and immersion in gibberellic acid (GA3) 100 mg / L for 24 h. In addition, we performed the biochemical determination for the following storage reserves: neutral lipids, starch, non-reducing sugars and proteins. The results indicate that Caatinga tree species present a wide variation in their dormancy capabilities. Among the seeds that had some degree of dormancy, mechanical scarification proved to be the most efficient treatment to over-come dormancy. In addition, the results indicate that increases of non-reducing sugars in the seed reserve are related to lower dormancy and higher germination speed. It is pos-sible that seeds that have rapid germination would be able to transfer to their seedlings non-reducing sugars that contribute to the prevention of seedling desiccation.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/7093
Appears in Collections:Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PadroesGerminaçao_Silva_2018.pdfMonografia921.2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.