Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6879
Título: Laser escaner terrestre aplicado ao monitoramento da geomorfologia da praia de ponta negra, natal/rn, nordeste do brasil
Autor(es): LIMA, Mandel Melo de Andrade
Palavras-chave: Monitoramento ambiental;Erosão costeira;Morro do Careca
Data do documento: 2018
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Mandel Melo de Andrade. Laser Escaner Terrestre aplicado ao monitoramento da geomorfologia da praia de Ponta Negra, Natal/RN, Nordeste do Brasil. 2018. 19 f. Artigo científico. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Como toda a zona costeira do Estado do Rio Grande do Norte (RN), a praia de Ponta Negra, localizada na cidade de Natal, recebe intensamente processos dinâmicos decorrentes das forçantes hidrodinâmicas que, somados a ações antrópicas, ocasionam a degradação do sistema duna-praia e de infraestruturas instaladas na orla. O presente artigo, portanto, avalia as ultimas aplicações do sistema de Laser Escâner Terrestre (LT), equipamento de alta precisão e acurácia que por meio de feixe a laser imageia a morfologia da superfície permitindo monitorar as alterações geomorfológicas temporais em setores dessa praia. Os estudos foram conduzidos utilizando os dados de levantamentos realizados na porção da praia onde se encontra o Morro do Careca nos dias 21/08/2013 e 11/01/2014, por meio de técnicas de Geoprocessamento e elaboração de Modelos Digitais do Terreno (MDT). A comparação entre os MDT forneceu dados sobre a erosão/deposição ocorrida no setor nesse período de curto prazo. Além disso, permitiu comparar esses resultados com dois levantamentos realizados em 14/09/2012 e 28/11/2012, ampliando a avaliação e quantificação da erosão/deposição local. Dessa forma, foi possível avaliar a dinâmica da morfologia da duna, importante fator para prevenir o desaparecimento dessa feição, preservar a infraestrutura instalada nas proximidades e manter as atividades socioeconômicas nesse setor da praia. Os resultados demonstraram a erosão instalada no Morro do Careca em cerca de 302 m³ e a deposição desses sedimentos ao longo da face de praia, indicando a duna como uma fonte relevante de sedimentos para a praia de Ponta Negra. Destaca-se o engordamento da praia por meio da recomposição de uma faixa de areia proveniente de uma área de empréstimos como uma possível solução.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/6879
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
laserescanerterrestre_lima_2018.pdfArtigo Científico1,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.