Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4884
Título: Animais silvestres como atrativo turístico: estrutura, condições e diversão oferecidas à turistas da região
Autor(es): Souza, Amanda Cristina Quadros de
Palavras-chave: Zoológicos;Atrativos turísticos;Turistas;Empreendimentos
Data do documento: 2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUZA, Amanda Cristina Quadros de. Animais silvestres como atrativo turístico: estrutura, condições e diversão oferecidas à turistas da região. 2015. 45f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo), Departamento de Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: Os zoológicos vêm tornando-se um importante atrativo turístico. O presente estudo comparativo foi realizado em dois zoológicos em diferentes capitais do nordeste do Brasil, Natal/RN e João Pessoa/PB, com os objetivos: identificar os tipos de equipamentos turísticos (zoológicos) que oferecem a experiência de observação e contato com os animais silvestres onde foi evidenciado que 15 turistas disseram que a experiência é interessante e outras 15 pessoas afirmaram que a experiência é boa, o segundo é descrever experiências e percepções de turistas sobre as observações e contatos com animais silvestres em zoológicos onde 49 pessoas que foram entrevistadas, indicariam o zoológico como um atrativo turístico, no terceiro e último objetivo identificar na visão do turista se o zoológico caracteriza exploração de animais silvestres, dos 50 entrevistados, 49 pessoas disseram que a prática dos zoológicos não pode ser caracterizada como exploração de animais.
URI: http://monografias.ufrn.br/jspui/handle/123456789/4884
Aparece nas coleções:Turismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AmandaCQS_Monografia.pdfTurismo1,83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.